top of page

SANTA FÉ INVESTIMENTOS É A NOVA SIGNATÁRIA DO CÓDIGO BRASILEIRO DE STEWARDSHIP


Fernando Bueno, da Santa Fé.

A Santa Fé Investimentos é a mais nova signatária do Código Brasileiro de Stewardship. Fundada em 1983, a gestora independente leva a governança e a sustentabilidade em seu DNA desde sua origem, explica o CEO da asset, Fernando Bueno. Profissional com longa trajetória no mercado, Bueno participou da fundação da Bovespa e vivenciou a evolução dos princípios de sustentabilidade nos investimentos muito antes de sua denominação segundo as três letras atuais, da sigla ESG.


EXPANSÃO


O Diretor de Gestão, Paulo Bueno, explica que a expansão da gestora com a colocação dos

Paulo Bueno, da Santa Fé.

fundos em dezenas de plataformas digitais reforçou essa necessidade de dar maior publicidade às práticas da gestora. A base de cotistas saiu de praticamente um family office em setembro de 2019 para mais de 4 mil investidores em junho de 2021. “Nossa adesão ao código vai funcionar como um importante norteador para o desenvolvimento e fortalecimento do ESG em nossa gestão”, diz Paulo Bueno.


Foi no início do ano passado que a asset decidiu então estruturar uma área específica de ESG e, para isso, contratou Ana Luísa Mancini da Riva, mais conhecida como Tita. Ela assumiu como Sócia Diretora responsável pelo ESG e trouxe em sua bagagem a experiência de atuação no IFC do Banco Mundial, onde trabalhou na criação de indicadores para monitoramento de portfólios da Amazônia. A profissional também atuou no Instituto Semeia, fundado por Pedro Passos, da Natura.


“Desde que colocamos nossos fundos nas plataformas, percebemos a maior necessidade de exteriorizar nosso envolvimento com a sustentabilidade. Os princípios de Stewardship do Código da Amec representam um plano de voo; estão ajudando a montar um mapa com as rotinas mais relevantes”, comenta Tita. O objetivo do fortalecimento da gestão com critérios ESG é o de gerar maior valor aos clientes, com ética e transparência.


Fernanda Lancellotti, Diretora Comercial, destaca a importância de se buscar chancelas e selos para uma asset em crescimento. “Até pouco tempo éramos um family office. Agora estamos mais abertos ao mercado, voltados para a captação do momento de democratização de investimentos”, diz.


A Diretora comenta que os produtos da asset já estão disponibilizados em 21 plataformas digitais e outras 4 já estão em processo de colocação. “A participação no Código da Amec será muito importante para comunicar nossa visão sobre o tema junto aos investidores”, comenta Fernanda.

bottom of page