top of page

SULAMÉRICA INVESTIMENTOS ASSINA TERMO DE ADESÃO AO CÓDIGO BRASILEIRO DE STEWARDSHIP

A SulAmérica Investimentos é a mais nova signatária do Código Brasileiro de Stewardship (CBS), tendo assinado o termo de adesão no mês de julho. O código é uma iniciativa da Amec e do CFA Society Brazil que têm como objetivo desenvolver e disseminar a cultura de Stewardship no mercado de capitais brasileiro, promovendo o senso de propriedade nos investidores institucionais e criando padrões de engajamento responsável.

Marcelo Mello, Vice-Presidente de Investimentos, Vida e Previdência da SulAmérica. Foto: Divulgação.

“A adesão ao Código Brasileiro de Stewardship reforça o comprometimento da SulAmérica com as melhores práticas de investimento responsável e com a construção de um mercado financeiro mais sustentável”, diz Marcelo Mello, Vice-Presidente de Investimentos, Vida e Previdência da SulAmérica. Ele relaciona a adesão com o compromisso com os critérios sociais, ambientais e de governança. “Temos uma longa jornada de incorporação ESG na asset e temos sido cada vez mais vocais em nosso relacionamento com as investidas”, afirma.


Nesse sentido, o gestor explica que a adesão ao código é uma oportunidade de estreitar ainda mais o relacionamento com as empresas do portfólio, trazendo o conhecimento de novas práticas capazes de fortalecer a governança e os bons princípios de stewardship. Para Marcelo Mello, a adesão ao CBS reforça o compromisso de buscar maior engajamento e transparência, ao mesmo tempo em que estreita ainda mais o relacionamento entre a gestora e investidores.


“A população em geral tem cobrado cada vez mais estratégias de integridade e transparência por parte das empresas, principalmente aquelas que atuam na área de gestão de recursos. A equipe da SulAmérica Investimentos exercita uma busca contínua por melhores performances para aqueles que confiam em nosso trabalho, e acreditamos que pautar nossa atuação nas melhores práticas de stewardship é ponto fundamental para uma gestão responsável de nosso portfólio”, comenta.


ASSET


Criada em 1996, a SulAmérica Investimentos tem se destacado como uma das principais gestoras independentes do país. Mais recentemente, no início do 2º trimestre de 2022, alcançou R$ 52 bilhões em ativos sob gestão. “O marco vem reforçar a consistente estratégia de crescimento da asset que, ao longo de seus 26 anos de existência, foi pioneira na jornada ESG e tem investido continuamente em um portfólio diversificado que traz opções customizadas para todos os perfis de clientes”, diz comunicado.


Em 2009, a asset foi uma das primeiras a se tornar signatária do PRI, rede apoiada pela ONU com mais de 3000 signatários em mais de 50 países, que representam mais de US$ 120 trilhões em ativos administrados. Além disso, há 12 anos consecutivos vem conquistando a nota máxima na avaliação de gestores de fundos de investimentos da Standard & Poor’s (AMP-1 – Muito forte).


A gestora atende primordialmente quatro tipos de clientes: investidores institucionais – como fundos de pensão, seguradoras, institutos de previdência e outras empresas; distribuidores externos – como plataformas, corretoras, family offices e clientes Prestige – pessoas físicas de alta renda.

Kommentare


bottom of page